top of page

Velhos para sermos sábios?


Será sobretudo o amadurecimento como ser humano, lidar com a vida e compreendê-la. Será, sobretudo, olhar uma criança ou um jovem, como um ser humano completo, como a materialização da vida e compreendê-lo na sua totalidade?


Cillian Murphy é um ator irlandês, com uma vasta carreira no cinema com papeis particularmente desafiantes.

Em início de 2024, Cillian ganha grande destaque por interpretar o papel de Julius Robert Oppenheimer, o pai da bomba atómica americana, cujo primeiro lançamento ocorreu nos céus do Japão sobre as cidades de Hiroshima a 6 de Agosto de 1945.


Numa entrevista ao programa "60 minutos" da CBS recordou, a propósito de ser ator uma conversa que teve, muito cedo na sua carreira com um dos Sidney's, Sidney Lumet ou Sydney Pollack .


Ter-lhe-ão dito que: "Leva 30 anos para fazer um ator. Não é apenas a técnica ou a experiência. É sobretudo o amadurecimento como ser humano, tentar lidar com a vida e compreendê-la".


Cillian acrescenta e concluiu: "Quando se faz isso há 30 anos é de esperar que já tenhamos tudo isso acumulado. Então chegamos a um ponto em que já pudemos ser atores razoáveis."


Será que o mesmo se poderá dizer de um professor? Será que, com 30 anos de experiência, já podemos ser bons professores?


Não é apenas da técnica ou a didática. Será, sobretudo, o amadurecimento como ser humano, lidar com a vida e compreendê-la. Será, certamente, olhar uma criança ou um jovem, como um ser humano completo, como a materialização da vida e compreendê-lo na sua totalidade.


Quando se tem 34 anos de profissão, 3000 alunos, 25.000 horas de aulas, já podemos ser um professor razoável?


Mas será necessário esperar tantos anos?


Não será possível ser bom professor antes?


Qual o segredo?


E esta questão não se aplica a qualquer profissão?


E já agora, temos que ser velhos para sermos sábios?

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page